Sessão da Assembléia

A primeira  sessão ordinária da Assembléia Legislativa de 2008 demorou pouco mais de uma hora e meia. O repórter Henrique Bóis informa os principais acontecimentos.

CÉSAR X HOLANDA 

Na ausência do líder da oposição Ricardo Murad (PMDB), licenciado para tratamento de saúde, o embate do líder do governo Edvaldo Holanda (PTC) foi com o deputado César Pires (DEM). O democrata criticou os investimentos do governo do estado em educação. Segundo César Pires, as ações limitam-se a construção de escolas e contratação de professores. “Falta um projeto pedagógico para melhorar a qualidade do ensino”, disse Pires, ao que Holanda prontamente negou.

ÓBVIO ULULANTE 

O deputado Afonso Manoel (PSB), conhecido por apresentar projetos de homenagens e congratulações em demasia, antecipou com obviedade o tema da Campanha da Fraternidade de 2009: “Será contra a violencia”, disse. A galeria não o perdoou.

FALTA 

O deputado Nonato Aragão (PSL) inscreveu-se mas não apareceu para fazer o discurso no Grande Expediente.

LICENÇA 

O deputado Alberto Franco (PSDB) apresentou pedido de licença de oito dias para tratamento médico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: