Comentário: Jackson e a eleição em Imperatriz

Por enquanto, o governador Jackson Lago não quer saber de eleição na capital. São muitos aliados. Teme agradar um e desagradar outro. Mas não age da mesma forma em Imperatriz, segundo maior colégio eleitoral do Maranhão. Por lá, o governador acompanha de perto a formação de alianças. Tenta reeditar a Frente de Libertação para tirar do poder o peemedebista Ildon Marques, aliado do grupo liderado pela senadora Roseana Sarney, também PMDB.

Foi seu partido, o PDT, que encomendou pesquisa interna que ajudará a definir a chapa. Seu principal porta voz é o vice-governador Luiz Porto. No fim de semana passado, Porto esteve reunido com lideranças do PT, PSDB, PSB e PDT. Foram analisar a conjuntura e avaliar dados do levantamento. E não foi o primeiro encontro. 

O principal nome entre os candidatos é o do deputado federal Sebastião Madeira (PSDB), que se movimenta desde o ano passado para ser o nome de uma possível “Frentona” e já ganhou o aval de Jackson. Mesmo assim, a ordem é que todos os pré-candidatos se movimentem, trabalhem e tentem ganhar força no eleitorado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: