Petrobras: furto foi crime comum, diz PF

Portal Terra

A Polícia Federal anunciou nesta quinta-feira a prisão de quatro envolvidos no roubo de equipamentos com informações sigilosas da Petrobras no mês passado, encerrando o caso como crime comum, e não espionagem industrial.

Todos os detidos são vigilantes de uma empresa que opera na região portuária do Rio de Janeiro. Segundo a PF, eles já realizavam pequenos furtos desde setembro de 2007 no porto fluminense.

“Com essas apreensões e prisões, o furto dos computadores foi resolvido e elucidado”, disse em entrevista coletiva o superintendente regional da Polícia Federal no Rio, Valdinho Jacinto Caetano.

Leia mais aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: