Denúncia diz ser “indubitável” ação de Palocci

Andréa Michael e Ranier Bragon
Da Folha de S. Paulo

A denúncia do Ministério Público Federal no caso do caseiro Francenildo dos Santos Costa diz ser “incontroversa” e “indubitável” a constatação de que houve uma quebra ilegal de seu sigilo bancário por parte do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, do ex-presidente da Caixa Econômica Federal Jorge Mattoso e do ex-assessor de imprensa de Palocci, Marcelo Netto.

Para sustentar a denúncia (acusação formal que, se acatada pela Justiça, se transforma em processo), o procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, lista vários telefonemas trocados e encontros mantidos entre os três nas horas que antecederam a publicação, no site da revista “Época”, da notícia de que Francenildo tinha movimentação financeira incompatível com a renda.

Assinantes, leiam mais aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: