Reforma tributária: temas importantes ficam de fora

Fernanda Odilla
Do Correio Braziliense

O texto de 14 páginas com a proposta para a reforma tributária chegou ontem ao Congresso sem pelo menos três itens classificados como fundamentais pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão. Ficaram de fora a redução da contribuição previdenciária dos empregadores ao INSS, bem como a reformulação das regras do Imposto de Renda da Pessoa Física.

Além disso, a desoneração de investimentos e da cesta básica também terão que ser feitas somente depois da aprovação da reforma, por meio de projeto de lei. Na opinião dos conselheiros, a inclusão deles é necessária para diminuir os custos e inovar o sistema tributário brasileiro.

“Foi a reforma possível. Mas estamos cobrando redução nas alíquotas no Imposto de Renda para Pessoa Física e na desoneração da folha de pagamento”, diz o empresário e consultor Antoninho Marmo Trevisan, que ajudou a formular o texto, mas surpreendeu-se ao ver excluídos da proposta itens fundamentais.

Assinantes, leiam mais aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: