Classe média não comemora novo mínimo

Carolina Nahuz
De O IMPARCIAL

Mais R$ 35 no bolso de quem recebe salário mínimo no Brasil. O acréscimo, que seria de R$ 32,40, entrou em vigor ontem (1º de março). Os beneficiados diretos constituem um número que ultrapassa 44 milhões de pessoas no Brasil. Apenas na classe de aposentados e pensionistas, mais de 13 milhões incluem-se no grupo que recebe renda mensal mínima estipulada.

De acordo com o presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon), Antonio Oscar Pereira Filho, o aumento facilita a circulação de capital no país mais cedo, devido à antecipação da data do reajuste. “Normalmente, o aumento era dado no dia 1º de maio, em comemoração ao Dia do Trabalho. Com a renda adicional e a injeção de moeda circulante, aqueles que recebem um salário mínimo, mesmo com o acréscimo pequeno, poderão comprar outros bens ou utilizar a renda extra como crédito de compra”, explica o economista. A previsão é de que até 2010, o reajuste seja antecipado para o início do ano, em 1º janeiro.

Leia mais aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: