Sem-terra bloqueiam ferrovia da Vale em Minas

João Carlos Magalhães e Cíntia Acayaba
Da Agência Folha

Dois dias após invadir uma carvoaria da Vale do Rio Doce no Maranhão, sem-terra ligados à Via Campesina e ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra invadiram e bloquearam ontem uma ferrovia da mineradora, em Resplendor (465 km de Belo Horizonte).

Cerca de 800 manifestantes, a maioria mulheres, segundo a Polícia Militar, fecharam a Estrada de Ferro Vitória a Minas. Mil pessoas, segundo os movimentos, estavam na manifestação. Integrantes do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) também protestaram. O protesto faz parte da série de manifestações em razão do Dia Internacional da Mulher (8 de março). Desde terça ocorreram atos em ao menos 15 Estados e no Distrito Federal.

Com a paralisação da ferrovia, cerca de 300 mil toneladas de minério de ferro deixaram de ser transportadas para o porto de Tubarão, no Espírito Santo. O embarque de passageiros, cerca de 2.500 por dia, também foi suspenso. A Vale chamou o protesto de mais uma “ação criminosa do MST”.

Assinantes, leiam mais aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: