Oposição só vota se governo esquecer as MPs

Brasília – Os líderes de oposição da Câmara avisaram agora há pouco que vão continuar a obstruir as votações se o governo não parar de editar medidas provisórias. Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), José Aníbal (PSDB-SP) e Fernando Coruja (PPS-SC) se reuniram com o presidente da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-AP) e disseram que, para o plenário voltar a votar algo, o governo terá de aceitar o acordo.

“Isso está na eminência de virar uma crise institucional, por isso é essencial que o presidente da Câmara tenha protagonismo na tentativa de encontrar uma solução”, disse ACM Neto. Chinaglia evitou polemizar, mas defendeu o poder legislador da Câmara. Para ele, “talvez o governo tenha perdido um pouco da reflexão que deveriam ter, dado que as MPs trancam a pauta do Congresso”. Mas, diz, o ideal é o governo funcionar e o Congresso deliberar.

Com informações da Agência Câmara

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: