CPI dos Cartões – Governo dá ultimato à oposição

Izabelle Torres e Leandro Colon
Do Correio Braziliense

Em meio às divergências entre governo e oposição sobre a importância da comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar o uso dos cartões corporativos, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, decidiu entrar na briga: mandou um duro recado aos tucanos mais inflamados e deu munição à base aliada sobre como reagir às ameaças dos oposicionistas. Ontem, ao ser ouvido pelos integrantes da comissão, afirmou que o sucesso da CPI — assunto tão discutido na sessão quanto o uso dos cartões — depende diretamente da disposição dos parlamentares para investigar as contas “tipo b”, usadas para receber dinheiro adiantado referente a determinado serviço funcional. “Até agora essa comissão só discutiu o que o governo já havia tornado público. Na minha opinião, se querem mesmo que a CPI cumpra seu papel, devem ir atrás dos gastos registrados nessas contas”, alfinetou.

Assinantes, leiam mais aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: