Sarney na campanha para levar Aécio ao PMDB

Convidado a inaugurar um painel fotográfico das grandes personalidades do PMDB, como o avô Tancredo, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), foi recepcionado pela cúpula do PMDB — como o presidente do partido, deputado Michel Temer (SP), e o senador José Sarney (AP) — logo na entrada principal do Congresso ontem à noite. E não faltou assédio dos peemedebistas pela filiação do tucano.

Sarney fez apelos históricos. Disse que o mineiro aprendeu com o seu avô princípios fundamentais de uma nação democrática e afirmou sentir que o hoje tucano tem muito do PMDB, o que pode tornar-se motivo para garantir sua presença no futuro da legenda. Aécio devolveu a gentileza. Disse que o ex-presidente “sintetiza a lealdade, foi um estadista e absolutamente leal a todos os compromissos assumidos por Tancredo”.

Diante do assédio, o governador mineiro preferiu a cautela. Mesmo demonstrado satisfação diante dos apelos, disse que não pensa em trocar de legenda. Entretanto, não descartou qualquer hipótese de aliança ou parceria com os peemedebistas para as eleições de 2010.

(Com informações da Folha de S.Paulo e Correio Braziliense)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: