Greve – Governo vai cortar ponto de servidores

O governo anunciou ontem que vai cortar o ponto dos advogados públicos e dos auditores fiscais da Receita Federal em greve. Os órgãos onde estão lotados têm até o dia 15 para repassar ao Ministério do Planejamento os nomes dos grevistas e a contabilização dos dias parados. Segundo a assessoria de comunicação do ministério, o desconto será referente a todo o período da paralisação — os advogados estão parados há 85 dias e os auditores, há 24.

A idéia do ministério é retirar mensalmente parcelas dos salários que já foram pagos, como forma de devolução dos valores repassados no período em que não trabalharam. Mas o entendimento da Advocacia Geral da União (AGU) é que a greve só passou a ser considerada ilegal desde a última quarta-feira, após a decisão do ministro Gilmar Mendes, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu liminares concedidas pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região e pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio Grande do Sul que permitiam o exercício da greve sem sanções para as duas carreiras. Dessa forma, o desconto só vale a partir de 9 de abril. (Mariana Flores, do Correio Braziliense)

Assinantes, leiam mais aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: