Acordo pode salvar CPI Mista dos Cartões

Brasília – Nesta manhã, a presidente da CPI Mista dos Cartões Corporativos, Marisa Serrano (PSDB-MS), anunciou acordo para salvar os trabalhados da comissão, que agonizam desde a semana passada. Segundo ela, a CPI só continuará existindo se quatro por quatro condições:

1. Solicitação ao Gabinete de Segurança Institucional para que determine os gastos considerados sigilosos nas contas do governo;

2. Criação de quatro sub-relatorias: de sistematização, de fiscalização de gastos, de controle de mecanismos de auditoria e de aprimoramento legislativo;

3. Solicitação ao Tribunal de Contas da União (TCU) do compartilhamento das auditorias feitas nas contas do governo, incluindo os anexos.

4. Solicitação ao TCU de técnicos para auditarem irregularidades apontadas para CPI.

Só assim, diz ela, a CPI poderá investigar alguma coisa e ganhará cara de Comissão de Inquérito. Ontem, Serrano ameaçava deixar o posto, irritada com a seqüência de manobras governistas para barrar todo e qualquer investigação que a parlamentares de oposição propuseram.

Com informações da Agência Senado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: