Assembléia não autoriza processo contra Jackson

Numa votação de mais de quatro horas, a Assembléia Legislativa do Maranhão negou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorização para que o governador Jackson Lago seja processado pelas denúncias da Operação Navalha. O placar da votação nominal ficou assim: 27 votos a favor do relatório da CCJ – que negou a autorização ao Tribunal nesta segunda – e 13 contra. Os deputados Antônio Pereira e Nagib Haikel estavam ausentes.

A votação já era esperada. Durante toda a sessão, os oposicionistas já lamentavam a postura dos aliados. Atualmente, a maioria dos parlamentares da AL vota com o governo e diz não acreditar que Lago esteja envolvido em esquema de fraude em licitações montado pela empreiteira baiana Gautama.

Não satisfeita, a oposição registrou um voto em separado e vai enviá-lo ao Superior Tribunal de Justiça. Raimundo Cutrim, um dos oposicionistas, disse que “o parlamento impediu que o governador provasse sua inocência”. Já os parlamentares aliados afirmam que “não há provas, só ilações” nos autos da denúncia encaminhada pela Procuradoria-Geral da União ao STJ.

Influência
O líder do governo na Casa, Edivaldo Holanda, negou que Jackson tenha tentado influenciar no resultado da votação. Assim como ele, todos os governistas que discursaram ao longo da sessão – total de cinco – negaram qualquer influência. Afirmaram que a bancada chegou a encontrar o governador, mas que Lago não pediu a rejeição do pedido do STJ.

Resultado
Votaram “não” (contra o relatório da CCJ que rejeito a investigação) 13 deputados. Votaram “sim” (a favor do parecer do relator) 27 deputados. Duas ausências foram registradas.

Afonso Manoel: Sim
Alberto Franco: Sim
Antônio Barcelar: Sim
Antônio Perreira: Ausente
Arnaldo Melo: Sim
Camilo Figueiredo: Sim
Carlos Alberto Milhomem: Não
Carlos Filho: Não
César Pires: Não
Cleide Coutinho: Sim
Edivaldo Holanda: Sim
Deputado Elisiane Gama: Sim
Fátima Vieira: Não
Francisco Gomes: Não
Fufuca Dantas: Sim
Graciete Lisboa: Sim
Graça Paz: Sim
Helena Barros: Não
Hélio Soares: Não
João Batista: Sim
João Evangelista: Sim
Nagib Haikel: Ausente
José Lima: Sim
Jura Filho: Não
Marcelo Tavares: Sim
Marco Caldas: Sim
Maura Jorge: Não
Mauro Jorge: Sim
Max Barros: Não
Nonato Aragão: Sim
Paulo Neto: Sim
Pavão Filho: Sim
Pedro Veloso: Sim
Penaldo Jorge: Sim
Raimundo Cutrim: Não
Ricardo Murad: Não
Rigo Teles: Sim
Rubens Pereira Júnior: Sim
Soliney Silva: Sim
Stênio Rezende: Sim
Valdinar Barros: Sim
Vitor Mendes: Não

Anúncios

2 Responses to Assembléia não autoriza processo contra Jackson

  1. pimentel disse:

    é isso ai.. jakson é governo de vergonha, ja´os sarney é so corrupiçao..

  2. Cada vez que leio notícias sobre o Maranhão fico mais decepcionado com essa parte do país.Esse povo que já sofre tanto e possui um dos piores IDH do país, ainda fica à mercê de políticos e oligarquias desumanas que os exploram e abusam do poder do estado em detrimento do povo maranhese.
    Jackson Lago é só mais um “salvo pelo gongo”.Será com ele da mesma forma que foi com as inúmeras estripulias dos Sarney.Tudo dará em nada.
    Pobre povo maranhense.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: