Ao menos dois devem compor a ‘lista suja’

A lista com os “ficha suja” que será divulgada nesta terça-feira pela Associação dos Magistraos Brasileiros (AMB) trará, ao menos, dois candidatos a prefeito de São Luís que respondem a processos na justiça. Um deles é Cléber Verde (PRB), segundo nas pesquisas. Ele responde a processo de crime contra a administração pública, quando era servidor do INSS. O processo está no STF, por ele ter foro privilegiado e o mérito da ação ainda não foi julgado.

O segundo é Raimundo Cutrim (DEM), terceiro nas pesquisas de intenção de voto na capital. Ele responde a ação civil pública por improbidade administrativa supostamente cometida na época em que era secretário de segurança do governo Roseana Sarney. Cutrim e outro então gerente, Ricardo Perez (Infra-Estrutura), foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) porque o Tribunal de Contas da União (TCU) constatou as seguintes irregularidades: dispensa indevida de licitação, prorrogação ilegal do contrato, prolongamento das obras além da vigência do convênio e do contrato e emissão de termo de recebimento antes do término das obras.

Segundo a ação, as falhas se referem a obra do ano de 2000. Na época, Cutrim recebeu R$ 2 milhões para construir uma penitenciária de segurança máxima no estado. Mas passou seis meses com a verba parada e, ao final, ainda alegou emergência para a obra e dispensou, então, a licitação.

O processo na 6ª Vara de Justiça e ainda não foi transitado em julgado. Por isso, sua candidatura não é passível de impugnação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: