Sarney Filho, Domingos Dutra e a jornalista

O deputado Sarney Filho (PV) apareceu na Comissão de Escutas Telefefônicas, na Câmara, nesta terça, e defendeu a jornalista Andrea Michael, da Folha de S. Paulo, que teve sua prisão requerida pela PF por descobrir e divulgar informações da Operação Satiagraha, aquela que jogou o banqueiro Daniel Dantas atrás das grades. Um dos requerimentos da CPI quer convocar a jornalista para prestar esclarecimentos sobre o que lhe veio a mão à época.

Zequinha foi o primeiro a se opor à votação da matéria. “Qualquer ação que represente o cerceamento da imprensa tem que ser deixada de lado”, defendeu. Para não perder o costume, o petista Domingos Dutra discordou de pronto. “Não entendo porque essa proteção quando se fala em imprensa. Parece que a gente tem medo da imprensa”, rebateu. Não ganhou nem um, nem outro. O requerimento não foi votado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: