Lula está nas mãos de Sarney, pra variar

Daniel Pereira, do Correio Braziliense

Ex-presidente da República, José Sarney (PMDB-AP) será o maestro das negociações sobre a eleição do próximo presidente do Senado. Segundo auxiliares do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o senador terá peso decisivo na escolha do sucessor de Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN). Se quiser assumir o comando da Casa, terá o apoio de Lula, apesar de o presidente preferir um petista no posto, com um peemedebista à frente da Câmara. Caso Sarney não mostre interesse pela vaga, o Palácio do Planalto tenderá a seguir suas recomendações.

Uma das possibilidades é aceitar a indicação de outro peemedebista, como a senadora Roseana Sarney, filha do ex-presidente da República. Ou, ainda, de um petista, mas não Tião Viana (PT-AC). Preferido de Lula, Tião enfrenta resistências da bancada do PMDB. Primeiro, por ter garantido a tramitação de processos de cassação de mandato do então presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). Segundo, por supostamente trabalhar a fim de derrubar a atual diretoria administrativa do Senado, que seria próxima tanto de Sarney como de Renan.

Ontem, Lula e Sarney se reuniram no Planalto. Só os dois. “Essa conversa está muito acima de mim”, brincou um articulador político do governo. Em jantar com líderes do PMDB no mês passado, Lula defendeu a eleição de um petista no Senado e de um peemedebista na Câmara, em nome do “equilíbrio de poder” no Congresso. Ressaltou, no entanto, que deixaria a tese de lado caso o sucessor de Garibaldi fosse Sarney, “um político acima dos partidos”. Parlamentares próximos ao senador contam que ele pensa em reassumir o comando do Senado. Mas, como de costume, espera ser aclamado para o posto.

Pragmáticos, aliados dele recomendam que se contente com o apoio da maioria. Para um dirigente do PMDB, a grande dúvida de Sarney é com relação aos desdobramentos de eventual candidatura e vitória na eleição. O senador avaliaria se a nova função, em vez de blindá-lo e resultar em mais prestígio, vai devolvê-lo aos holofotes da imprensa e da Polícia Federal. Sarney não gostaria de voltar a ser “vidraça”, afirmou o dirigente. Muito menos quer ver seus filhos em tal condição, acrescentou.

Leia mais em Sarney terá peso decisivo na escolha do próximo presidente do Senado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: